quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

o sillêncio semeado


O sofrimento
não pode ser filtrado
pela riqueza

ele é um líquido
que penetra
nas frestas mais ínfimas

o sofrimento às vezes é um gás
e penetra nos pulmões
e no sangue

a respiração arbitrária
facilita a sua entrada

mas por que ocorre 
a respiração arbitrária (?)
por distração
é a resposta

somente um ser
absolutamente solitário
pode sentir que está
respirando

quem se vê no meio
da multidão normalmente
se distrai e
não respira
apenas bombeia o ar sujo
de qualquer jeito

o homem solitário
ouve as batidas de seu próprio coração
e sente o ar puro
penetrando nos pulmões

a vida nos presenteia
com a solidão
mas fugimos dela
como o gato foge da água

a solidão é o filtro
da respiração
ela deixa passar
o ar puro
mas o sofrimento
fica agarrado na malha

temos a tendência de 
achar o contrário
achar que a solidão
nos traz o sofrimento
mas ela só traz a paz  a compreensão
o silêncio e a compaixão

exceto quando há luta interna

o desespero é fruto
da não aceitação da solidão
neste caso o sofrimento
se duplicará porque
nós em estado de pânico 
tenderemos a fugir da solidão
em direção à agitação mental
ao regaço do próprio sofrimento
(e um tal desequilíbrio 
é demais para o corpo)

novamente a solidão virá
pois estaremos enfermos
e através da morte
a solidão nos acolhe um dia
leva-nos daqui

a alma do açougueiro avisado
deve voltar a este mundo
encarnada num boi ou porco

a alma daquele que humilhou
voltará para servir
e aprender a humildade

a alma sempre volta
para acertar as contas
e terá toda a eternidade
para isto

a alma de quem repeliu
o silêncio voltará solitária
e alma que foi solitária
nascerá entre muitos
para distribuir silêncio

no entanto será livre
livre para ir se abastecer
na fonte do seu silêncio interior
livre para se distrair

a alma que se distrai
comete outra vez o erro da
respiração arbitrária
e deverá provar novamente
o sofrimento

a alma que se mantém no silêncio
mormente no meio dos homens
será cada vez mais livre
e só voltará a este
mundo se for de seu
desejo ajudar aos que
vivem e sofrem na distração




.

Nenhum comentário:

Postar um comentário