sexta-feira, 31 de março de 2017

O décimo terceiro


Só o filho verdadeiro
enche a boca para falar do Pai

há nuances
que poucos percebem

o poeta que tudo viu
anotou em versos
o que ninguém viu

sou o décimo terceiro discípulo
a testemunha ocular
o único que viu o galo cantar
pois seguia
com o coração

já tive a testa marcada
a serpente despertada
no dia do trono consagrado
vi a língua de fogo e a límpida água
da pedra angular

antes crer em vida
do que depois da partida

sou o que creu
e escreveu

sou o amigo do rei







..
///////////////////////////////////////////////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário