terça-feira, 25 de abril de 2017

BECOS


A sensação frustrante
na rua sem saída
mesmo sem nenhuma
objetividade
na ida

o vício de querer
a tudo entender
apesar da arte
o zen e o Tao
insistirem
que não tem
nada a ver

o fato contraditório
de estarmos sempre
no início
mesmo estando
calejados
pela vida

um homem
que olha para
a vida e só vê
a lida

um cão que
olha para um livro
e não vê portal






////////////////////////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário