domingo, 30 de abril de 2017

fuga



Olhares e almas
não dizem nada
nada mais que versos
e borrões às palavras

o que pode ser
mais gárrulo do
que o silêncio(?)

um dia desabafei com
a parede do meu quarto
e ela sabiamente
continuou a ser
branca

quisera eu saber
a psicologia das cores
ou ver no diabo uma senda

o diabo é aquele
que te promete meles
e foge com uma
só freira
(para Seychelles)

mas
nem sempre
ser lacônico
é ser chique

já ouvi rumores
de que a garganta
da Terra é
um paleio
sem poesia

que é fuga em marcha à ré
maior que um 
menor que
nossa fé

só por isso eu tenho sede
embora insulara-se
minha prosa
do cardume
desta rede
super oficial












/////////////////////////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário