segunda-feira, 24 de abril de 2017

abraçar-te

Para abraçar-te
é preciso ritmo
dança e
movimento

abraçar-te
é voar sem
corpo ao sol
na chuva
e ao vento 
(sul)

para abraçar-te
não posso ser
impertinente

para abraçar-te
como o orvalho
abraça as pétalas

faço o som girar
como gira a cigana
de vermelho

para abraçar-te
em névoa tato
e nervos
faço-me azul










//////////////////////////////////////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário