quinta-feira, 20 de abril de 2017

quiproquós


Todas as coisas
já foram ungidas
no petróleo 
ou na lava

ah Rosa linda(!)
não se preocupe comigo
boio em dor
morrerei sem que ninguém saiba

não tenho condições de sorrir 
como todos vocês

sou batizado no coma da catástrofe
mergulhado em sangue sobrevindo
do estampido da caça

todos já foram vítimas
da falta de face das palavras
(até o verso)

tem no átrio um
"velho precoce"
esgueirado da vasca
que precisa de paz
(e um pouquinho de carinho)
(e se der 
só um respingo de amor)






//////////////////////////////////////////////////


Um comentário:

  1. Nessuno può darci la pace se noi non lo vogliamo...versi molto belli e malinconici! Buon fine settimana Arnaldo.

    ResponderExcluir