sábado, 13 de maio de 2017

amor versus razão

Os dedos
conhecem
as gotas

quando preciosas
são as pedras

quantas vezes
o amor perdeu
a guerra
pela razão

quantas vezes
giramos tristes
no ciclo
dos clamores

e quando quase
alcançamos
o fruto fresco

o desalento
fez-se piso/espelho

caímos intrêmulos
como se esquecêssemos
as notas do destino







///////////////////////////////////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário