domingo, 7 de maio de 2017

houve um tempo


Houve um tempo
em que se amava
de verdade

ninguém fugia
pra Paris
evitando assim amar

ninguém negava
um amor
por conselhos
de "amigos"

ou por apego
ao seu dinheiro

houve um tempo
em que o amor
era a coisa mais
importante da vida

tempo em que a lógica
não estrangulava
a garganta
do coração

em que as estrelas
tinham algum significado
tempo em que 
fazer planos
era a forma do diálogo

tempo em que um
não suportaria 
viver sem o outro

mas agora
o amor profundo
vira tolice em dois tempos

a necessidade
de estar juntos
é substituída
por quaisquer argumentos

devo dizer (:)
eu sou do tipo antigo
aquele que quando 
se apaixona
ama como um louco




/////////////////////////////////////////////////




Nenhum comentário:

Postar um comentário