quarta-feira, 10 de maio de 2017

os que dormem sob a terra



A vida é cheia de crisálidas
mas elas se ocultam
nos lugares mais
discretos que há

e os sonhos são como
animais de estimação
trancados
em apartamentos
esperando
o dono chegar

o dono chega
cansado do real
e não lhes dá
o carinho que
necessitam

restando aos
sonhos novamente
o sono onde sonharão
com a infância

aliás
eu diria até
que essa vida
é como a cigarra
que se enterra viva
por anos e anos

e no derradeiro ínstar ninfal
sente a esperança
de que estará em breve entre
as almas libertas
num divino coral

mas ah(!)
tão curta é a vida
com asas de anjo


que seu zumbido
mais parece
um desabafo tétrico
da vida de zumbi
que levara sob
o peso franco da terra
                                                          (e logo morrem)











/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário