segunda-feira, 29 de maio de 2017

revelação

Eu devia saber
que os versos
não deixam rastros

que as fragrâncias
sempre deixam
os pendões
das lavandas
que sob os austros dançam

que os alecrins
antes de serem
temperos na feira
foram livres capins

eu devia ter lido
os poemas dos astros
os quais revelam destarte

que como o vento
também tu passarias
porque de fato
nunca de mim gostaste






//////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário