sábado, 6 de maio de 2017

setembro

Setembro tem margaridas

seria um mês diferente
se como todos os
outros meses
não apetecesse
a sangria da gente

setembro
traz flores mormente
para os amores
e flores para
guirlandas
para quem
perdeu as sete vidas

dizem que setembro
traz a primavera
é tudo balela

setembro é como agosto
mês que esfacela sonhos
ou como janeiro
primeiro mês de sofrimentos

embora não se compare
a dezembro
mês que
arrebanha membros
e sacrifica liberdades
para deitar no banquete
a engorda 
do ano
(todos os tormentos)

minha cabeça não achou
neste mundo um travesseiro
meus ouvidos
jamais ouviram o silêncio

ficou o mundo
a me dever justiça
mas de minha parte
nada me deve

eu só quero
o direito de morrer
de me ir independente
pra fora daqui

de preferência num mês
chuvoso e cinzento
não num mês indeciso
idiota e colorido como setembro









///////////////////////////////////////////////

Nenhum comentário:

Postar um comentário