domingo, 25 de junho de 2017

A vidraça


No meu sonho
eu perguntei ao Buda
como eu poderia 
olhar para o meu próximo
sem julgar


e Buda respondeu-me:

"Olhando pela janela
do templo
nós não vemos as pessoas
desconhecidas que caminham
no meio do roseiral
como um cenário belo
e de paz(?)

não estamos vendo
o vidro propriamente dito
já que ele está limpo 
e sem reflexo


mas
mesmo se nele houver
sujeira que mancha
que embaça
eu logo a ignoro
caso contrário sairia
de meu foco
o jardim celestial

"Ah(!)mas esta arte
é só para os homens iluminados"
argumentei
e Buda finalizou dizendo(:)

"por acaso as moscas 
que pousam no seu espelho
são vistas como  verrugas 
em seu rosto(?)
se fossem isto seria a sua desgraça

por que então
é tão difícil enxergar
através das pessoas
como se elas fossem
da janela celestial
a vidraça"(?)










////////////////////////////////////



Nenhum comentário:

Postar um comentário